Prevenção e tratamento da hipertensão

Quem tem parentes próximos hipertensos, está acima do peso, é portador de diabetes ou de outros fatores de risco para as doenças cardiovasculares (como colesterol elevado, tabagismo, história familiar positiva) deve medir a pressão arterial regularmente e fazer a prevenção da doença, pois tem maior risco de se tornar hipertenso.


Quem já é hipertenso, ou tem a pressão arterial limítrofe, deve fazer controle médico periódico e seguir as orientações dadas por este profissional. Para prevenir e controlar a hipertensão, é importante fazer atividades físicas regulares, reduzir o consumo de sal da alimentação, manter o peso sobre controle e, se necessário, utilizar medicamentos prescritos pelo médico de forma regular. A maioria dos hipertensos, mesmo com hábitos saudáveis, precisa utilizar medicamentos.


Os princípios ativos disponíveis no mercado atualmente não causam efeitos colaterais importantes e podem proteger os órgãos vitais (coração, cérebro, rins, olhos e artérias) das complicações da hipertensão.